Archive | dezembro 2013

JPT-PE se reúne e delibera sobre ações para 2014

IMG_0274

Na ultima quarta-feira, 18, na Assembléia Legislativa de Pernambuco, a Juventude do PT de Pernambuco realizou sua ultima reunião do ano. Em clima de tranquilidade e disposição para as lutas que se apresentam em 2014, a JPT definiu um calendário de atividades, reuniões e lutas.

Confira abaixo o que foi discutido na reunião e as propostas aprovadas para o próximo periodo:

PAUTAS:
– Informes do Congresso;
– Informes da JPT;
– Atividades pendentes.

INFORMES:

– Resolução da Nacional: Priorizar a reeleição de Dilma nas articulações regionais.
– Aguardar a confirmação da data pela nacional e planejar o formato para viabilidade da estrutura e das passagens.
– Articular um ato contrário à entrega do título de cidadão olindense a Aécio Neves;
– Indicativo de retomar o debate geral sobre drogas.
– SEMANA LGBT na FDR – entre os dias 06, 07 e 08/01 na FDR.
– Teresa Leitão: Disponibilidade em tratar e resolver a questão do “nó crítico” da JPT: UEP.

ENCAMINHAMENTOS:

1. JPT vai publicar uma nota pautando a unidade do partido em 2014 e apresentando a disponibilidade em construir uma candidatura própria para a eleição de Governador do Estado. Os eixos da nota ainda serão articulados pela comissão das atividades da JPT;

Necessidade de planejamento da JPT.
2. Ato no dia 09/01 em repúdio à criminalização dos companheiros petistas vítimas da AP 470:
Marcos Paulo– Responsável pela elaboração de uma nota e parte da estrutura (carro de som);

Helder Lopes – Responsável por dialogar esse ato com os movimentos sociais que já estão articulando atividades contra a AP 470.

3. Redigir uma nota em repúdio à movimentação no SENADO que arquivou a PL 122 – Responsável: Ítalo Lopes

4. Comissão de Atividades para planejar as atividades da JPT:
– Ato dia 09/01;
– Jornada de Lutas – deliberação do EREPT;
– Núcleo Petista na UFPE;
– Caravana da JPT pelo Estado;
– Dia da Verdade 01/04 – 50 anos do Golpe Militar;
– Planejamento em geral para entregar à Presidenta do PT Teresa Leitão que vai articular o financiamento das nossas atividades com a Tesouraria do Partido.

5. JPT ficar atenta ao recadastramento dos dados dos miltiantes: http://acao.pt.org.br/page/signup/redejpt13

OBS: Comissão – Clayton CabralRodolfo AlbuquerqueFlávia Hellen eÍtalo Lopes.

6. Indicativo de fazer as reuniões da JPT à céu aberto em locais de grande circulação. Cogitou-se o Parque 13 de Maio. A confirmar.

Fonte: Marcos Paulo e Ítalo Lopes – JPT-PE

Anúncios

Nota da JPT-PE: Do Luto à Luta: Pela Cidadania plena LGBT e pela criminalização da homofobia!

O dia 17 de Dezembro de 2013 trouxe um notícia tenebrosa para a população LGBT e tod@s @s defensores dos Direitos Humanos deste país. Fruto de muita militância, a luta pelo reconhecimento dos direitos civis LGBTs e da responsabilização criminal das condutas homofóbicas que violentam diuturnamente todos @s gays, lésbicas, travestis e transexuais deste país pareceu ganhar um ponto final com um dissabor frustrante.

Apresentada a proposta no plenário do Senado Federal pelo Senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), em breves palavras, o Projeto de Lei Complementar 122 deixou de tramitar no Senado Federal e foi anexado ao projeto de reforma do código penal. O PL 122 visa, entre outros debates, a criminalização dos preconceitos motivados pela identidade de gênero e pela orientação sexual . É uma perda significativa do Movimento LGBT pois os debates sobre identidade de gênero, sexualidade e temas correlatos sofrerão um decréscimo de acúmulo político que irá empobrecer as discussões institucionais pertinentes ao tema.

Considerada como o enterro da PL 122 por vários militantes e parlamentares, inclusive comemorado entusiasticamente pelos fundamentalistas religiosos, nós da Juventude do Partido dos Trabalhadores de Pernambuco repudiamos esta decisão. Repudiamos por não admitir qualquer preconceito, discriminação ou propagação de discurso de ódio contra a população LGBT. Abraçar esta luta em defesa da integridade e dignidade da população LGBT é um compromisso político de todo e qualquer cidadão norteado pela defesa dos Direitos Humanos. Os índices da criminalidade motivada por homofobia cresce todos os anos, vitimizando milhares de pessoas. Essa propagação de ódio merece um basta e por isso a PL 122 era uma das ferramentas mais úteis dos movimentos sociais nesta luta.

Não podemos também de deixar de destacar a atuação exemplar dos nossos parlamentares Senadores, a exemplo do Eduardo Suplicy (PT-SP) que tentou transformar a votação do plenário em nominal, além de Ana Rita (PT-ES), Paulo Paim (PT-RS) que satisfatoriamente cumpriu a tarefa como relator no Senado da PL 122, do Senador Humberto Costa (PT-PE), entre outr@s. Parlamentares ávidos no combate à homofobia.

Sabemos que o conteúdo da PL 122 apresentava alguns pontos que careciam de debates mais intensos, mas seu conteúdo geral já apresentava uma vitória dos movimentos sociais e são com eles que seguimos e seguiremos nessa empreitada. Vitória esta ratificada pelas recentes orientações nacionais do nosso partido que recomendou que nossos parlamentares discutissem e aprovassem o quanto antes a PL 122, a exemplo a resolução ( http://www.pt.org.br/noticias/view/resolucaeo1 ) e da moção aprovada no nosso último congresso nacional ( http://www.pt.org.br/noticias/view/mocoes_aprovadas_pelo_5_congresso_do_pt ). Ambas orientações deste mês de dezembro que refletiam os frutos da militância do nosso partido em defesa d@s LGBTs.

Podem pensar que estamos derrotados e de luto. Ledo engano. Estamos ainda mais fortalecid@s. Perdemos sim esta batalha, mas a luta continuará. Iremos alinhar ainda mais o debate oriundo dos movimentos sociais com a nossa bancada parlamentar no intuito de encontrar alguma solução para reverter este cenário lamentável e permaneceremos nas ruas, lutando contra o machismo, contra o racismo e contra a homofobia.

A luta LGBT é também uma luta do povo. E se for luta do povo, também é uma luta da Juventude do Partido dos Trabalhadores! Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais do PT e da sociedade, uni-vos! Do luto à luta, resistiremos!

Direção estadual da JPT-PE

Juventude do PT de Pernambuco realiza ultima reunião do ano nesta quarta, 18

290278_103941449724848_1035001009_o

Inicialmente marcada para ocorrer as 17hs, no PT estadual, a reunião teve de ser transferida para as 18hs, na Assembleia Legislativa de Pernambuco (plenarinho III, 2º andar). Devido audiência pública sobre assistência estudantil em nosso estado. É importante a presença de toda juventude petista, nessa atividade.

Após a audiência, a militância está convidada para comparecer ao plenarinho II, no 5º andar da ALEPE, para definirmos os proximos passos da gestão. A nova presidenta do PT, Teresa Leitão, confirmou presença na reunião da JPT.

Pautas:

– Analise de conjuntura da Deputada Teresa Leitão, e apresentação da direção da JPT-PE.
– Informes Gerais do Congresso do PT;

– Congresso de Juventude;

– Comissão de organização de atividades;
– Encaminhamentos:


Obs. Quem tiver proposta de pauta, por favor, entregue previamente para o secretário de organização da JPT, Luciano de Farias (Bambuxa), antes da reunião. 

Firmes nas lutas!!

Teresa Leitão exalta união em sua posse

Auditório do Brum ficou tomado pela militancia!

A deputada Teresa Leitão exaltou a união do Partido dos Trabalhadores em Pernambuco durante a sua posse no Diretório Estadual, nesta segunda-feira (16), no Centro de Convenções. A parlamentar, que assume o comando do PT até 2016, terá como principal objetivo gerir uma legenda que há anos estava marcada pela desavença entre seus militantes e suas tendências.

“Não tenho dúvidas que o acordo após o PED representou uma nova era no PT em Pernambuco. Vamos continuar buscando essa unidade interna para poder discutir os planos e projetos que queremos para o futuro não apenas do Estado como também do Brasil”, discursou a nova presidente do PT em Pernambuco sob aplausos de um auditório lotado.

A principal bandeira defendida pela sua gestão será a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Para isso, já no próximo sábado (21), os membros da executiva se reunirão para iniciar os debates internos e a estratégia do partido para as eleições 2014. Hoje, nenhuma possibilidade está descartada no PT em Pernambuco.

“É tudo muito prematuro falar sobre 2014 neste momento. No próximo sábado vamos iniciar essas discussões. Discutiremos uma candidatura própria, uma aliança com algum partido da base aliada, nesse caso o PTB [que lançará o senador Armando Monteiro Neto como candidato ao Governo de Pernambuco]. Vamos discutir nossas chapas proporcionais. O desafio será grande, por isso, convoco todos os militantes a me ajudarem”, explicou Teresa Leitão.

Fonte: Blog da Folha

Em nota, João Paulo rebate críticas de Eduardo

Confira a nota do Deputado PeTista:

Com relação às declarações do governador Eduardo Campos sobre as gestões petistas, divulgadas hoje na imprensa, o deputado federal João Paulo Lima esclarece:

– Considero a entrevista do governador infeliz. As gestões petistas, de Lula e Dilma, deram ao Brasil o maior avanço social e econômico de toda a sua história. E a minha gestão teve uma grande aprovação popular.

– Eduardo Campos apoiou a minha eleição à Prefeitura do Recife em 2000 e a reeleição em 2004. Também apoiou a eleição de meu sucessor em 2008. O PSB, seu Partido, inclusive, fez parte dessas gestões, ocupando secretarias e tendo até o vice-prefeito na gestão de João da Costa, até o final do governo.

– Em diversos momentos, Eduardo Campos chegou a comparar minha gestão com a de Pelópidas da Silveira, um dos maiores prefeitos da história do Recife. E deu declarações públicas que a minha gestão era uma grande referência para ele.

– Eduardo Campos sempre foi nosso parceiro e sempre se beneficiou do sucesso petista – tanto em nível nacional, como em nível regional. O PT foi peça fundamental e decisiva para suas eleições em 2006 e 2010 e para o seu governo.

– As administrações petistas vêm governando o Brasil com visão republicana, investindo em programas sociais e econômicos que proporcionam avanços à população, independentemente das colorações partidárias que estejam à frente dos governos regionais.

– O crescimento da avaliação positiva da presidenta Dilma Rousseff e da sua administração, nas recentes pesquisas de opinião, abre uma perspectiva cada vez mais sólida à sua reeleição. Isso pode estar provocando conseqüências, como o comportamento intempestivo dos concorrentes.

– A boa avaliação da presidenta, com certeza, é o reflexo das grandes realizações sociais e econômicas do Governo Federal. Em Pernambuco, investimentos gigantescos em programas como Bolsa Família, Mais Médicos, Prouni, Pronatec e Fies têm excelentes resultados. Além disso, obras estruturadoras vêm transformando a economia do estado, como a Hemobrás, em Goiana; a Refinaria Abreu e Lima e o Estaleiro Atlântico Sul, no Complexo de Suape; a Via Mangue e o Corredor Leste-Oeste na capital; e a Transposição das Águas do São Francisco no Sertão, entre tantas outras realizações.

Café com a Presidenta: Caminho da Escola ajuda a combater evasão escolar

Nesta segunda-feira (16), no programa semanal Café com a Presidenta, Dilma Rousseff falou sobre a iniciativa Caminho da Escola, que oferece transporte escolar de graça para mais de um milhão de crianças e jovens de todo o País.

A presidenta afirmou que o governo federal repassou aos municípios, a fundo perdido, recursos para compra de quase 17 mil ônibus escolares. Segundo Dilma, isso ajuda a manter 1,9 milhão de crianças na sala de aula, diminuindo as diferenças de oportunidade entre a educação da cidade e do campo.

“Nós sabemos que garantir o transporte escolar seguro e de qualidade é um passo importantíssimo para diminuir as diferenças de oportunidade, inclusive a diferença entre a educação da cidade e do campo. Todas as crianças brasileiras, todas elas, vivam elas nas cidades, nas áreas rurais ou em qualquer canto deste país, têm o direito de estudar, se qualificar, ter uma vida melhor e ter um belo futuro”, destacou.

Ainda foram repassados recursos para a compra de quase 2 mil novos ônibus escolares para cidades, para o transporte de crianças com deficiência, dentro do programa Viver sem Limite. Todos os veículos, por exemplo, contam com plataforma elevatória para quem usa cadeiras de roda. Para a presidenta, isso tem ajudado as crianças com deficiência a ir estudar e a permanecer na escola.

“Trabalhamos para que todas as crianças brasileiras, seja qual for o nível de renda de suas famílias, possam estudar e se desenvolver, porque é isso que importa. Por isso, a nossa prioridade tem sido atender as regiões mais pobres, aquelas que mais precisam. Veja que mais de 1/3 dos ônibus do Caminho da Escola foram distribuídos para as cidades do interior do Nordeste”, disse.

Confira aqui a íntegra do programa

Fonte: Blog do Planalto

Chile: Bachelet é eleita presidenta com 63% dos votos

Com a vitória, Bachelet é a primeira mulher eleita e reeleita para a Presidência do Chile. Ela governou o país de 2006 a 2010, deixando o lugar para o atual presidente, Sebastián Piñera. Pela legislação chilena, os presidentes não têm direito a dois mandatos consecutivos.

Piñera telefonou a Bachelet para dizer que vai cooperar com ela durante os últimos três meses de seu mandato. Bachelet assume em março e o maior desafio será fazer as reformas que prometeu – entre elas, a da Constituição, herdada da ditadura militar.

Apesar de ter conseguido maioria no Congresso, ela não tem votos suficientes para fazer todas as mudanças que quer e terá que negociar com a oposição. A atual Constituição (que só pode ser alterada com o apoio de dois terços dos legisladores) limita a atuação dos políticos e a ingerência do Estado na economia, que foi privatizada durante o regime militar de Augusto Pinochet.

Bachelet quer fazer uma reforma tributária, para aumentar os impostos às empresas e aos mais ricos, obtendo assim recursos para financiar as reformas sociais, entre elas a do sistema educacional. Estudantes do ensino médio e das universidades paralisaram o Chile com protestos em 2011 e 2012, exigindo educação gratuita e de qualidade para todos. As manifestações foram apoiadas por oito de cada dez chilenos.

No Chile, as universidades são todas pagas (inclusive as públicas) e quem não tem dinheiro para financiar os estudos pode pedir empréstimo, mas termina a carreira endividado. Existem escolas de ensino médio gratuitas, mas são de má qualidade porque o governo prefere subsidiar instituições privadas, para que possam cobrar mensalidades baratas e oferecer uma educação de alto nível à população de baixa renda. Os donos dos colégios nem sempre usam o dinheiro do Estado para esse fim.

Nas eleições legislativas, que coincidiram com o primeiro turno em novembro passado, Bachelet conquistou o apoio de 20 dos 38 senadores e de 57 dos 120 deputados federais. Com isso, ela pode aprovar a reforma tributária. Mas para fazer a reforma da educação, precisa de quatro sétimos dos votos (52) do Congresso (22 senadores e 69 deputados federais).

Dilma saúda Bachelet

A presidenta Dilma Rousseff saudou, nesta segunda-feira (16), Michelle Bachelet pela sua eleição para presidência do Chile. Dilma destacou a importância de mais uma disputa eleitoral democrática no país e que Bachelet é amiga e parceira do Brasil.

“Saúdo a senhora Michelle Bachelet pela sua eleição para presidenta do Chile. Michelle é uma amiga e parceira do Brasil. Em nome do povo brasileiro, congratulo-me com os chilenos por mais uma eleição democrática. Estou certa que o meu governo e o de Michelle Bachelet irão aprofundar ainda mais as relações entre nossos países. Brasil e Chile têm muito a cooperar e a construir juntos. Temos uma compreensão clara do papel da integração da América do Sul”, afirmou.

Fontes: Agência Brasil / Blog do Planalto

%d blogueiros gostam disto: