Nota da Juventude do PT-PE em repúdio a mais uma aumento das passagens de onibus

onibus-lotado[1]

Mais uma vez, por mais um ano consecutivo, a população da Região Metropolitana do Recife foi pega de surpresa com mais um abusivo aumento nas tarifas dos transportes coletivos públicos. Acordamos na ultima quinta-feira (03), com a noticia de que na manhã seguinte, o Conselho Superior de Transporte Metropolitano (Aquele mesmo que só se reúne uma vez por ano por ocasião do aumento), iria se reunir na manhã seguinte pra discutir o percentual do “reajuste”.

A URBANA/PE (Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco) reivindicava um aumento na ordem de 13%. Os empresários do setor estavam mesmo dispostos a manter suas altas taxas de lucro, mesmo sabendo que o aumento do salário mínimo deste ano foi de “apenas” 9%.

Como previsto, manhã da ultima sexta, 4, a nobre reunião (Da qual, até a imprensa foi impedida de acompanhar) entre representantes das prefeituras municipais da RMR, do Governo do Estado e os Donos das empresas aconteceu. Mesmo com toda a pressão que entidades estudantis conseguiram organizar às pressas no período de férias escolares, o aumento aprovado foi na ordem de 5,53%, o que faz que a tarifa dos ônibus no Anel “A” passe dos atuais R$ 2,15 para 2,25, e no Anel “B”, dos já gritantes R$ 3,25 para 3,45.

Cerca de duas milhões de pessoas utilizam o transporte coletivo na RMR. São trabalhadores, estudantes, desempregados à procura de emprego, Idosos. São pessoas que tiveram seus orçamentos afetados sem qualquer tipo de consulta. Cidadãos e cidadãs que diariamente enfrentam todos os problemas desse sistema precário. Gente que não raramente espera duas horas em paradas escuras, sem nenhuma proteção do sol e das chuvas para pegar um ônibus completamente lotado, que tem que gritar para o motorista parar nas paradas, que nas chuvas sofrem com portas e janelas quebradas e ainda correm o risco de terem a viagem interrompida com o veiculo quebrado. Gente que se espreme para conseguir entrar nos ônibus em diversos terminais integrados. Gente que se vê cada dia mais excluída de seu direito à cidade e aos equipamentos de esporte, cultura e lazer cada dia mais centralizados. Gente que se sente lesada em seus direitos, mas que graças a uma campanha empreendida também por esses mesmos empresários, desacredita na política, esquece por exemplo, das vitórias conseguidas em 2005 com a redução e o congelamento durante dois anos das passagens.

É por tudo posto, que nós, Juventude do Partido dos Trabalhadores, em Pernambuco, manifestamos total repudio a mais essa manobra do governo de Eduardo Campos que visa unicamente “ficar de bem” com os grandes empresários em detrimento do bem estar das pessoas. Não nos ausentaremos da luta, ocuparemos nosso lugar histórico nas trincheiras do povo. Na convicção de que esta deve ser uma bandeira de toda a classe trabalhadora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: